Vida de Naganette II…

Um dos meus sonhos de vida foi realizado ontem quando vi o Philip Glass tocar. :)

Que eu me lembre, a primeira vez que prestei atenção na música do Philip Glass foi ao ver a trilogia Qatsi (recomendo muitíssimo aos que nunca viram, by the way!), e resolvi conhecer mais… Confesso que algumas obras dele não me são tão palatáveis assim – eu não sou tão conhecedora de música para entender as progressões sutis da música minimalista e, no fim, a repetição me dá gastura e acabo cansando. Mas, mesmo não entendendo direito a obra, tenho Philip Glass na minha lista de compositores geniais ainda vivos, logo, imprescindível ver ao vivo.

A OSM tocou o ‘Concerto Fantasy for Two Timpanists and Orchestra’ e eu fiquei maravilhada. Primeiro concerto para tímpanos que ouvi na vida, e fiquei me perguntando qual o motivo de não existir mais concertos desse tipo. Depois de algumas obras contemporâneas de outros compositores (que eu já tinha visto na quarta-feira, diga-se de passagem*), Phillip Glass tocou ‘Mad Rush’. E foi tão lindo que os zóinhos encheram d’água.

E como a OSM é o meu xodó,  não poderia deixar de dizer que o concerto de ontem vai estar disponível na íntegra e de graça na medici.tv pelos próximos 3 meses. Vou deixar também o link com a Orquestra da BBC tocando o ‘Concerto Fantasy for Two Timpanists and Orchestra’ (audio e vídeo bem ruinzinhos).

:)

* o tipo de coisa que me faz pensar que estou passando tempo demais na Maison Symphonique – mas a verdade é que não existe passar tempo demais curtindo arte.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s