O hockey é nosso…

Depois de muito mimimi, a temporada 2013 da NHL começou hoje.

Acho interessante a paixão do canadense pelo hockey. Minha cabecinha processa como se fosse tudo muito parecido com a paixão do brasileiro pelo futebol. Do assunto dominar as conversas de segunda-feira, da grana absurda que envolte as ligas profissionais, aos quebra-quebras quando o time perde uma final. Exemplo bobo, na quinta-feira teve um scrimmage (jogo de exibição) dos Canadiens no Centre-Bell, gratuito, e às 6 da matina já tinha uma boa fila, no frio, esperando os portões abrirem para conseguirem um lugar perto do gelo.

E como faz parte do meu karma trabalhar com mais homens do que mulheres, resolvi assistir o primeiro jogo para ter papo para segunda… quero evitar micos, como um dos que eu cometi no Brasil, de cochilar durante o almoço, na mesa do restaurante, enquanto os meus coleguinhas discutiam o campeonato brasileiro de futebol. Nos últimos 5 à 7 com os colegas da empresa (normalmente eu sou a única mulher), eu fiquei completamente perdida entre as conversas sobre a NHL, NFL, Manning, Tebow (que eu já aprendi que são da NFL, mas não tenho ideia de onde jogam ou de como estão jogando) e mais uma penca de jogadores que eu nem sei quem são, o que jogam e para quem jogam …

E esse primeiro jogo me fez acreditar que eu sou um caso perdido!! Não ajuda em nada não saber quem são os jogadores, quais são as regras, e dos Canadiens estarem jogando mal (bom, não sei se estavam jogando mal de verdade, não sei o que é jogar mal em hockey… mas eles tomaram 2 gols, o que ajuda a corroborar minha teoria, não?). Só sei que dormi… dormi gostoso no sofá… não vi o único gol dos Canadiens e acordei com Sarah McLachlan cantando os hinos nacionais no jogo dos Canucks.

Enquando a Sarah McLachlan cantava Oh Canada eu, num estopor meio bêbado que sempre me acontece quando eu estou meio dormindo meio acordada, pensei em duas coisas: cadê a Celine Dion que não cantou o hino no jogo dos Canadiens?; e que talvez eu devesse morar em Vancouver.

E pra terminar, fiquem com um comercial da Nike feito durante o lockout – e que eu queria ter postado antes mas acabei esquecendo. Críticas contra a Nike, NHL, jogadores, etc, à parte, acho que retrata um pouco dessa paixão do canadense pelo seu esporte.

:)

Anúncios

4 pensamentos sobre “O hockey é nosso…

  1. Eu já tentei assistir jogos de hockey várias vezes, mas eu sempre durmo ou sempre acabo mudando de canal. Acho que o fato de eu nem conseguir enxergar o puck e também não saber regra nenhuma colabora para as duas situações. Quem sabe um dia isso muda. Ou não. Anyway, por enquanto prefiro assistir curling.
    Bjs

  2. Pingback: Go Habs Go! | Aurora Borealis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s