Das desculpas esfarrapadas…

Eu queria escrever vários posts nas últimas semanas… alguns até viraram rascunho…

– Queria ter falado melhor do show do Arcade Fire que foi maravilhoso…

Loucura total na frente do palco!!

– Queria ter postado um “setembro em fotos”, mas já estamos em meados de outubro…

Obviamente essa não sou eu... :P

– Queria falar mais sobre a Bell – acabei de mudar de provedor de internet e, se alguém pedir minha opinião, não a recomendo (talvez eu até fale mais sobre isso, já que ainda estou esperando a última fatura #medo)…

– Queria falar sobre o curso de francês, e de como eu acabei desistindo dele. Não consegui dar conta das 4 noites de aula em parte pq achei que estava perdendo um pouco do meu tão precioso tempo em coisas que não estavam fazendo meu francês fluir…

– Queria falar mais sobre o módulo 1 do ateliê de fotografia que eu fiz, e de como eu gostei… módulo 2 começa em novembro e estou empolgada!

Fotenha random, tirada para testar alguma coisa durante a aula... confesso que ter feito essas aulas me fez muito bem... estava cansada de estudar com imigrantes... era muito "minha terra tem palmeiras onde canta o sabiá, as aves que aqui gorjeiam não gorjeiam como lá" para o meu gosto...

– Queria falar do quanto eu queria voltar a estudar na sessão de de inverno, mas simplesmente não vai dar… taí uma coisa que eu achava que seria mais fácil… não estou falando nem de se inscrever e não ser aceito, mas meus planos A, B, C foram para o saco, ou por conta de tempo ou por $$$ ou pelos dois… imigrar sozinha é um saco às vezes, principalmente na questão financeira da coisa (e na hora de ter a casa inteira para limpar e ninguém para dar uma mão… hehehe)…

– Talvez eu esteja sofrendo de SAD, estou realmente sem pique… inclusive para escrever por aqui…

Logo mais vou buscar uma amiga do Brasil que vai ficar uns dias de férias aqui em casa… quem sabe o “catching up”, os livros que ela está trazendo (caixa 1 de 4, se não me engano… hehehe), mais os dias turistando por aqui não melhoram meu humor…

:)

Anúncios

12 pensamentos sobre “Das desculpas esfarrapadas…

  1. Num fica assim não:( Acho vc tão corajosa de ter imigrado sozinha e estar se virando, de conseguir se comunicar, adaptar-se ao trabalho e as coisas daí!
    Sei que a solidão deve ser grande, pq não se encontra a familiaridade nem nas ruas. Familiaridade de costumes, idiomas, lugares, pessoas. Pq por mais que se tenha consciência dos defeitos da nossa terra, é a nossa terra, somos produtos dela e criados nela e isso é imutável. Sempre seremos estrangeiros na terra de outrem por melhor, mais bem-sucedidos e integrados que sejamos. Enfrentar isso já é muita coragem, saber que se conviverá com isso tb. Vc está se saindo bem!
    As coisas levam um tempo pra começarem a entrar nos eixos que desejamos; “viver não é preciso”.
    Ótimos final de semana pra você!!!Forças!
    Beijão!!!

    P.S: Ah, o pinhão deu certo???

  2. Não desanima não! SAD agora, já que você estava tão excitada com o outono? Quando estive em Toronto no inverno, descobri que meu problema era DIC (Déficit de ingestão de chocolate). :)

    Que tal ligar o som com algo bem animado que você goste? O silêncio, ainda mais quando está frio, me desanima às vezes.

    Você tem andado de bicicleta? Eu não vejo a hora de pedalar esta ilha inteira!

    Uma psicóloga escreveu que, na natureza, o inverno é tempo de diminuir o ritmo. Não seria o caso de fazer um plano “D” mais leve? E se você não tem tempo para fazer algo, é porque está ocupada com outra coisa, certo? Eu tenho a impressão que você é uma das pessoas mais ativas que eu conheço.

    Até há pouco tempo eu tendia a ver “o copo meio vazio”, ou seja, as coisas que eu não tinha feito. Então eu percebi que esta é uma maneira irracional de ver as coisas, que a minha medida tem que ser sobre as coisas que eu fiz. O copo NUNCA vai ficar cheio.

    Entendo a dor de largar um curso. Eu larguei um recentemente porque não daria tempo para acabá-lo antes da data estimada para imigração. No meu caso, ficou uma sensação de fracasso e de arrependimento. Mas é como namorar a pessoa errada: É melhor desistir logo.

    Abraços,

    Johnny.

    • Não senti dor em largar meu curso de francês… ele simplesmente não estava valendo o esforço de passar 4 noites na escola… agora sinto dor de não ter condições de estudar no inverno…

      Mas parada eu não vou ficar… é uma questão de procurar o que fazer…

      ;)

  3. procure relaxar, fazer alguma atividade que relaxe, n sei se vc gosta de yoga sei lá.

    Anyway, realmente imigrar sozinha não é fácil eu pensei nisso diversas vezes e sempre te achei corajosa por isso descolada e tal. Um perfil que n é meu rs anyway, visitas de amigas são sempre bienvenues haha e tenho certeza que essa vai te dar um up !!!

    bjs
    Tati

  4. Olha só, nem começou essa farra de outono e vc já está com SAD?

    Realmente acredito que imigrar sozinha não é fácil, e não me refiro só por causa de $$$. Acredite, eu penso isso sempre. Quero até fazer um post sobre isso, mas acho q causará mais danos do que benefícios…vamos ver…

    Que pena q vc teve q parar o curso de francês, mas acredito q tenha pesado todos os prós e contras. E sério, tentei muuito entender sua metáfora, mas não consegui >_<'''''

    Enfim! Hoje recebi um convite por email q lembrei de vc (tudo o q está relacionado com atividades super cedo eu lembro de vc xDDD), vou te mandar um email explicando tudo.

    bjão

    • Oie!!

      Desencanei do francês mais pela falta de tempo mesmo… estava muitissimo cansada!!!

      Sobre a metáfora, tem muito imigrante por aqui que parece exilado… tudo no pais de origem é melhor… acho um saco… imigrar é opção, tá infeliz, volta… :P

  5. Oi Ju!
    Td bem?
    Acho q não é SAD não. Imagino que isso seja super normal. Depois de meses num super pique acho que é normal bater um desânimo, ainda mais quando se trata de fazer coisinhas nada interessantes, como arrumar a casa, ou seguir um curso que não traz o resultado esperado. E acho que tb o fato de nao ter ninguém que dependa de vc e/ou que more contigo, te ajudando nas tarefas chatas e te dando um up, acaba fazendo com que vc só se mexa pra fazer o essencial ou o que gosta de verdade.
    Não se culpe por isso. Daqui a pouco a energia volta e vc tb aos poucos vai encontrando maneiras de lidar com o tempo de forma mais proveitosa.

    Bjos
    Camila

  6. Ju, espero que dê uma animada… mas acho que a vida é assim mesmo… tem horas que vc tem pique pra fazer tudo e outras quer só ficar na sua =)

    Ahh, dá mais detalhes sobre o curso de fotografia?? Onde foi, preço etc?
    Eu fiz um básico aqui no brasil e quero continuar estudando qnd chegar aí ano que vem..

    Bjos,

  7. Oie, td certinho? espero que com a sua visita do Br tudo fique melhor! ;-)
    Já te falei q tb estou imigrando sozinha, certo? e qdo estes sentimentos aparecer, nós poderemos ir para NY! Tenho uma “familia” super legal lá! Vivem em uma comunidade! Passei 9 meses com eles, e aprendi muuuuito sobre o mundo e a vida!
    Bem, já fica como um futuro convite!
    Beijos
    Boa semana!
    Darlene

  8. Pingback: Sobre o tempo (ou das desculpas esfarrapadas II)… | Aurora Borealis

  9. Pingback: Ballet… | Aurora Borealis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s