OSM + Beethoven + David Suzuki = Juliana Feliz!

Hey peeps!

Nessa quinta-feira resolvi matar dois coelhos numa cajadada só: ver uma apresentação da OSM (Orchestre Symphonique de Montréal) e ouvir o David Suzuki falar de pertinho! (Acho que já falei aqui… sou fã dele desde criancinha!! Adorava assistir ‘A Natureza das Coisas’ na TV Cultura, sem dúvida um dos meus programas estilo documentário favoritos da infância, junto com ‘America Selvagem’… agora quero ver se consigo um bénévolat na David Suzuki Foundation…)

A OSM é bárbara! Definitivamente comprarei o ‘season pass’ para a próxima temporada! (e estou bem tentada a comprar também para a Ópera de Montréal)

O tema era ‘Beethoven, tempo e natureza’ (parte da série ‘Les Grands Concerts’) e o David Suzuki trocou algumas palavras bem interessantes durante o concerto… muito do que ele falou eu já tinha ouvido no ‘The Bottom Line’, mas, ainda assim, valeu ter ouvido novamente! As palavras dele sobre o ar e sobre a morte me inspiram…

O programa:

-Grosse Fuge, opus 133
-Sinfonia nº 8 em Fá Maior, opus 93
-Sinfonia nº 6 em Fá Maior, opus 68, “Pastorale”

Valeu muito a pena ter ido… casa cheia (tive muita sorte de encontrar um ingresso dentro do meu budget!!) , boa música, palavras que todos deveriam ouvir de vez em quando, enfim… uma noite boa demais!

Fotenha tosca… e única… e do lado de fora… já que é proibido o uso de câmeras na Salle Wilfrid-Pelletier ;)

:)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s